Transmissões

Data
Vídeos indicados

I Seminário Psicologia e Violência - Ensino e Pesquisa

I Seminário Psicologia e Violência: ensino e pesquisa do Departamento de Psicologia da Aprendizagem, do Desenvolvimento e da Personalidade 16 e 17 de abril de 2009 Em 2007, a comissão Psicologia e Violência, instituída pelo conselho do departamento de Psicologia da Aprendizagem, do Desenvolvimento e da Personalidade, realizou um levantamento interno entre docentes e técnicos do departamento a fim de verificar o envolvimento que mantêm com o tema Psicologia e Violência nas diferentes atividades acadêmicas por eles realizadas no IPUSP, sobretudo naquelas relacionadas à docência e à pesquisa. Os resultados do levantamento indicaram que a grande maioria dos docentes e técnicos do departamento está, direta ou indiretamente, envolvida com o tema; seja privilegiando-o como objeto de seu próprio trabalho de pesquisa e docência, seja por meio da orientação de teses e dissertações. Pretende-se, com isso, reunir docentes, técnicos e alunos que se interessem pelo tema. Será um momento oportuno para promover e realizar intercâmbios entre os colegas do Departamento, alunos de graduação e pós-graduação envolvidos com a temática, bem como fomentar o debate científico com outros pesquisadores, departamentos, laboratórios, centros, núcleos e institutos que pesquisam a respeito desse importante aspecto das relações humanas. Pretende-se, por meio deste seminário, apresentar ao conjunto do Instituto de Psicologia e da Universidade de São Paulo, um primeiro panorama do que vem sendo realizado pelo departamento em torno dessa temática. Portanto, é com prazer que convidamos os professores do departamento para contribuírem no aprofundamento e consolidação desse debate acadêmico que pretende dar seus primeiros passos, de forma articulada e consistente, já contando com as pesquisas e debates que vêm sendo realizados por cada um de nós em âmbito local e nacional. Pretende-se ainda convidar interlocutores externos ao departamento e à Psicologia para que colaborem na ampliação do debate sobre violências enquanto área de pesquisa interdisciplinar. DAS INSCRIÇÕES Nesse primeiro evento serão priorizados, na composição das mesas, a participação dos docentes do departamento cujos trabalhos de pesquisa sejam pertinentes ao tema geral do seminário: Psicologia e Violência. Está prevista a apresentação de pôsteres para os alunos de iniciação científica e da pós-graduação vinculados ao Departamento. REQUISITOS PARA INSCRIÇÃO: -Breve resumo do trabalho com, no máximo, dez linhas -Indicação da forma de apresentação mesa (docentes) ou pôster (alunos) -Número de telefone e endereço de e-mail. A organização do evento distribuirá as mesas ao longo de dois dias da semana (16 e 17 de abril de 2009), procurando garantir a participação de todos os inscritos. Caso o número de inscritos ultrapasse o limite de participações previstas para os dois dias de seminário, será respeitada a ordem de inscrição, de modo que os primeiros trabalhos inscritos serão priorizados. Todavia, como pretendemos garantir a apresentação de trabalhos de todos os docentes do departamento que se mostrarem interessados, encaminharemos os trabalhos excedentes para um segundo seminário a ser agendado em momento oportuno. O Período de inscrições será entre os dias 18 a 30 de novembro de 2008 e poderá ser realizado na Secretaria do PSA ou por e-mail no seguinte endereço eletrônico: psa@usp.br Comissão organizadora Docentes: Maria Isabel Leme Pedro Fernando da Silva Paulo Cesar Endo Discentes: Chris Haritçalde Cristiane Izumi Luiz Moreira Pedro Ambra Vanessa Passarelli

Ciclo de conferências FEA 70 anos: “Repensar o Brasil”: TEMA 1 - Governança pública e governança empresarial (Abertura)

Repensar o Brasil, seus desafios e reformas – eis o propósito central deste Ciclo, que terá em sua abertura uma Conferência Magna a ser proferida por Pedro Parente, Presidente da Petrobras. O tema desta iniciativa figura no primeiro plano do debate sobre os rumos da economia. Exige-se das instituições públicas, incluídas empresas estatais e ministérios, uma profunda revisão em suas estratégias. Depois de um período em que se esgotaram, pela força do tempo, alguns modelos e práticas, emergem novos conceitos e procedimentos, em linha com grandes e ousadas reformas estruturais. Ao segmento empresarial cumpre, neste cenário, um papel decisivo na retomada do crescimento e no estímulo a um ambiente avesso à ilicitude, focado na competitividade, inovação, investimentos e reconstrução do mercado de trabalho. Ao poder público, a partir do comando da economia, compete o equilíbrio fiscal, eficiência em suas instâncias operacionais, reforço da infraestrutura e incentivo multi-setorial à produção. Cresce, nestas duas esferas da vida nacional, um combate sem tréguas à inação geradora de custos que tornam o futuro mais oneroso e menos produtivo. Entre as estatais, destacam-se a Petrobras e o trabalho do seu executivo principal, com larga experiência no universo competitivo e na administração pública, ora em face do maior desafio já enfrentado por um gestor brasileiro: recuperar a maior empresa do País, alvo de acontecimentos que comprometeram seu desempenho, macularam sua imagem e expandiram perigosamente o seu endividamento. Espera-se que o conferencista faça o possível balanço parcial deste esforço e ofereça uma reflexão sobre os traços distintivos entre a governança pública e a governança empresarial, nas quais vem sendo, ao longo de sua carreira, um exitoso protagonista.