Transmissões

Data
Vídeos mais vistos

Vice-diretor do CeMEAI é reconhecido internacionalmente pela ICIAM

O professor José Mario Martínez Perez, do IMECC/Unicamp e vice-diretor do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI) foi assim anunciado como vencedor do prêmio Su Buchin do Conselho Internacional de Matemática Industrial e Aplicada (ICIAM): “... é concedido por realizações notáveis em pesquisa - uma combinação de teoria, prática, software e aplicativos para resolver problemas de otimização em larga escala - e na promoção do desenvolvimento das comunidades de otimização e matemática aplicada na América Latina”. Tal reconhecimento é concedido a cada quatro anos a matemáticos com atuação destacada na educação, na pesquisa e na promoção do desenvolvimento de países em desenvolvimento. A cerimônia de entrega ocorrerá em agosto de 2023, em Tóquio, durante o Congresso do ICIAM. É a primeira vez que um matemático da América Latina é agraciado. O trabalho de Martínez Perez foi fundamental no crescimento da pesquisa em matemática aplicada na América Latina. Ele orientou mais de 30 alunos de mestrado e mais de 30 doutorados, mantendo conexões ao longo do tempo e promovendo colaborações que fortalecem o desenvolvimento de grupos de pesquisa em cada um desses países. Para justificar a escolha por seu nome, o comitê do ICIAM também escreveu: “... suas contribuições representam avanços notáveis para resolver problemas de otimização em larga escala por meio de algoritmos e software publicados, juntamente com um profundo envolvimento em uma ampla gama de aplicações. ” Conversamos com o vencedor do prêmio e também repercutimos essa importante conquista para a comunidade científica brasileira com o presidente Pablo Rodriguez, da Sociedade Brasileira de Matemática (SBMAC), entidade que fez a indicação, e com a officer-at-large no ICIAM, a brasileira Liliane Basso Barichello, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

» veja mais

Vídeos indicados

X Ciclo de Atualização em Zoonoses e Saúde Pública. 25/07/2018 - Chagas

O Departamento de Epidemiologia da FSP/USP, em parceria com o Núcleo de Vigilância, Prevenção e Controle da Fauna Sinantrópica e o Núcleo de Gestão de Pessoas e Educação da Divisão de Vigilância de Zoonoses da PMSP /SP, com apoio da Comissão de Cultura e Extensão Universitária da Faculdade de Saúde Pública/USP, realizará no dia 25 de julho de 2018, mais um seminário do X Ciclo de Atualização em Zoonoses e Saúde Pública. Palestras: - Vigilância entomológica da Doença de Chagas no estado de São Paulo, com Msc. Rubens Antônio da Silva | Pesquisador Científico – Área de controle de vetores – Sucen, SP. Será abordada as ações de vigilância dos vetores da doença de Chagas ainda presentes no Estado de SP, a situação atual e o contexto dos novos cenários de ocupação do espaço como propícios para a ocorrência de transmissão. -Risco de ocorrência autóctone da Doença de Chagas no estado de São Paulo, com Dra. Ruth Moreira Leite | Médica infectologista – Divisão de Zoonoses do Centro de Vigilância Epidemiológica – SP. Breve histórico da expansão e posterior controle da transmissão vetorial domiciliar da doença de Chagas no estado de São Paulo. A seguir, uma apresentação das formas de transmissão de doença de Chagas (vetorial, transfusional, oral e congênita) e a possibilidade de cada uma delas vir a desencadear o aparecimento de casos autóctones da doença de Chagas no estado de São Paulo, tendo em vista as alterações decorrentes de modificação do aproveitamento do solo, tipo de habitação, imigração de outros estados e países e hábitos alimentares Local: Anfiteatro João Yunes – Faculdade de Saúde Pública da USP (Av. Dr. Arnaldo, 715 – São Paulo, SP)