Transmissões

Data

Seminário Terceirização - Parte 03 de 10

Normal Expandido
Formato
Reportar Erro
Denunciar
Incorporar
Recomendar
Download
Gostei
402 visualizações
Publicado em Thu Dec 03 13:33:18 GMT-03:00 2009
Formatos:  FLV (640 X 360 px)
Grupo:  LAE-FEA-USP

Objetivos:

• Discutir a atual situação do processo de terceirização nas empresas brasileiras.
• Analisar a terceirização sob o ponto de vista da legislação, das empresas e dos sindicatos.

Conteúdo:
O ambiente econômico brasileiro caracteriza-se desde os anos 90 pela maior exigência de competitividade por parte das organizações em geral, e em especial das empresas. A busca por mais eficiência e menos custos, tornou a terceirização uma alternativa bastante comum entre as empresas.

Ao longo dos anos, empresas, os trabalhadores e seus representantes e mesmo o Estado experimentaram a terceirização em praticamente todos os setores. Vinculam-se à terceirização fenômenos como o crescimento do emprego no setor de serviços, redução de funcionários nas empresas primeiras, surgimento de novas práticas de contratação e de gestão da mão-de-obra, por exemplo.

A experiência acumulada pelos diversos atores do mercado de trabalho brasileiro com a terceirização levanta uma série de questões. A busca por maior foco nos negócios foi realmente bem sucedida em todos os casos? De que forma a terceirização vem sendo tratada nas negociações coletivas? Em que medida a legislação trabalhista de fato regula as relações de contratações existentes? Há desrespeito aos direitos dos trabalhadores?

Esse seminário abordará o processo de terceirização sob diferentes pontos de vista. Para tanto, contará com representantes do meio jurídico, do meio empresarial e do movimento sindical. Além disso, a sessão Casos IBRET trará dois casos vivenciados por empresas brasileiras no trato com a terceirização no que se refere à sua negociação ou não no âmbito coletivo.

O IBRET espera que esse evento proporcione algumas conclusões e principalmente indique algumas medidas concretas e úteis para as organizações, para os trabalhadores e para o governo.