Transmissões

Data

Formação estelar massiva em nuvens moleculares do hemisfério sul

Normal Expandido
Formato
Reportar Erro
Denunciar
Incorporar
Recomendar
Download
Gostei
362 visualizações
Publicado em Mon Jun 18 14:03:03 GMT-03:00 2012
Formatos:  FLV (640 X 360 px)

Formação estelar massiva em nuvens moleculares do hemisfério sul. Apresentação: Roberto Ortiz (EACH/USP). Resumo:
Nuvens moleculares, compostas majoritariamente por hidrogênio, são sítios de formação estelar. A distribuição de massa das estrelas é no entanto altamente seletiva e estrelas massivas, precursoras de supernovas tipo II, são extremamente raras. Neste trabalho apresentarei diversos resultados de um programa de busca de estrelas massivas na região do quarto quadrante do plano Galáctico, obtidos por meio de imagens no infravermelho no Observatório do Pico dos Dias (Brazópolis, MG), observações em rádiofrequências de Nuvens Moleculares (Observatório de Itapetinga, Atibaia, SP) e espectroscopia infravermelha (Observatório SOAR e GEMINI, Chile). Esses resultados levaram à descoberta de diversas estrelas massivas que atuam como fontes ionizantes de regiões gasosas fotoionizadas. A análise dos espectros rádio da molécula de amônia indica a existência de turbulência no gás molecular. O método de identificação de estrelas massivas mais confiável ainda é a classificação espectroscópica.