Transmissões

Data

aula aberta sobre a realidade da saúde pública no país, planos e metas do Governo Federal

Normal Expandido
Formato
Reportar Erro
Denunciar
Incorporar
Recomendar
Download
Gostei
561 visualizações
Publicado em Mon Apr 11 14:37:35 BRT 2011
Formatos:  MP4 (640 X 360 px)

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, visitou a Faculdade de Saúde Pública – FSP/USP na última sexta-feira,
dia 8 de abril, sendo recebido na Diretoria, pelo reitor da USP, Prof. João Grandino Rodas, pela Diretora da casa,
Profa. Dra. Helena Ribeiro, dirigentes de outras unidades, docentes e autoridades do Ministério da Saúde, por volta
das 9h. Na ocasião, foram discutidas maiores oportunidades de relacionamento entre a FSP/USP e o Ministério da Saúde.
Das 9h30 às 11h30, o Ministro proferiu aula aberta sobre a realidade da saúde pública não país, planos e metas do Governo

Federal, no Anfiteatro João Yunes, com lotação completa, inclusive com pessoas de pé ou sentadas nos corredores.

O público era composto por docentes, funcionários, alunos de graduação e de pós-graduação da unidade e da USP
Leste (EACH), representantes de entidades da sociedade civil e outros profissionais de saúde. A visita fez parte
das comemorações do Dia Mundial da Saúde, celebrado no dia 7 de abril.

Abrindo o evento, a Profa. Helena Ribeiro, fez um breve relato das parcerias que existem entre a Faculdade e o
Ministério da Saúde, como o Centro Brasileiro de Classificação de Doenças, os projetos VIGITEL e PENSE, dentre
outros e apresentou um breve currículo do ministro ao público presente.

Em sua exposição, o Ministro Padilha, mostrou um panorama da situação da saúde no país, bem como as prioridades
a serem encaradas durante o governo da Presidenta Dilma Roussef, iniciado em janeiro de 2011. Ressaltou os avanços
que o país teve nos últimos anos, tirando 30% da população da linha de pobreza, diminuindo índices de mortalidade
infantil e de subnutrição, mas que o país também terá que enfrentar a mudança do perfil epidemiológico da população,
com o aumento do envelhecimento, aumento de obesidade, etc.

Ressaltou a importância do acordo que o Ministério concluiu nesta semana com as grandes indústrias, visando a redução
da quantidade de sódio nos alimentos industrializados e, consequentemente, promovendo uma alimentação mais saudável para
os brasileiros.