Transmissões

Data

COLÓQUIO - IFUSP: Colidindo Núcleos Pesados a Altíssimas Energias no LHC

Normal Expandido
Formato
Reportar Erro
Denunciar
Incorporar
Recomendar
Download
Gostei
116 visualizações
Publicado em Thu Nov 09 18:19:59 BRST 2017
Formatos:  MP4 (480 X 360 px)
Responsáveis:  Luiz Cezar Galizio
Produção:  Luiz Cezar Galizio

Inaugurado em 2008, o Large Hadron Collider (LHC) do laboratório europeu CERN vem revelando muitos resultados interessantes sobre o mundo sub-atômico. Mais conhecido pelas colisões entre prótons, o LHC também é capaz de gerar colisões entre núcleos de chumbo a altíssimas energias, nunca antes atingidas em laboratório. Essas colisões permitem o estudo de diversos aspectos da interação forte, responsável pela atração não apenas de prótons e nêutrons nos núcleos atômicos, mas também entre os quarks, que os mantém confinados dentro dos hádrons. Um dos principais objetivos de se estudar essas colisões é a formação do chamado Plasma de Quarks e Glúons, estado da matéria onde os graus de liberdade são os quarks e os glúons ao invés dos hádrons, e conhecer as propriedades do Plasma de Quarks e Glúons tem implicações muito importantes no entendimento da força forte. Neste colóquio, apresentarei algumas motivações para se estudar essas colisões entre íons pesados, a maneira como isso é feito experimentalmente no LHC e alguns resultados desses estudos, não só do ponto de vista da física como também da tecnologia, dando ênfase aos trabalhos sendo realizados pelo grupo HEPIC do IFUSP.