Transmissões

Data

COLÓQUIO- IFUSP:Três temas importantes para a pesquisa no Brasil:Bionanotecnologia, Gaseificação de biomassa e a cadeia produtiva das terras raras

Normal Expandido
Formato
Reportar Erro
Denunciar
Incorporar
Recomendar
Download
Gostei
483 visualizações
Publicado em Fri Aug 05 08:19:06 BRT 2011
Formatos:  FLV (640 X 360 px)

O IPT está investindo em alguns temas com potencial de impacto na economia brasileira e para os quais a parceria com a academia é fundamental. Bionanotecnologia: os objetivos incluem o desenvolvimento de nanopartículas bioativas e de dispositivos de microfluídica. Gaseificação de biomassa: em 2020 o Brasil gerará 240 milhões de toneladas de bagaço e palha de cana. O IPT está articulando um projeto de uma planta piloto de gaseificação dessa biomassa pelo processo de fluxo de arraste, cujo resultante gás poderá ser usado para geração de energia elétrica ou produção de biocombustíveis e/ou biopolímeros. A planta piloto será instalada em Piracicaba e tem um orçamento de R$ 80 milhões para desenvolver o processo em cinco anos. Existem desafios no pretratamento da biomassa, no reator de gaseificação, na limpeza dos gases e nos processos de geração de energia por turbinas a gás e na catálise dos combustíveis e precursores de biopolímeros. Terras raras: A recente reavaliação das reservas minerais brasileiras nos colocam como detentores da maior reserva do planeta. O domínio da cadeia produtiva inclui desafios na concentração dos minerais, no isolamento das frações radioativas, na separação dos diferentes óxidos de terras raras, na sua redução aos metais isolados e nas aplicações em ímãs, catalizadores e fósforos dos LEDs, dentre outros.