Transmissões

Data

Políticas Públicas para a Indústria Brasileira de Jogos Digitais 1

Normal Expandido
Formato
Reportar Erro
Denunciar
Incorporar
Recomendar
Download
Gostei
256 visualizações
Publicado em Mon Aug 25 15:05:49 GMT-03:00 2014
Responsáveis:  Guilherme Ary Plonski

Respondendo a um edital do BNDES, uma equipe de pesquisadores organizada através do PGT-USP desenvolveu projeto para estabelecer um conjunto de políticas públicas visando o desenvolvimento da indústria brasileira de jogos digitais (games). Como parte da chamada “indústria criativa”, a indústria de jogos digitais desempenha papel estratégico nas áreas de TIC e de educação. Para chegar a proposições de políticas, foi feito o mapeamento da indústria global de games, estudados os sistemas de políticas públicas adotados por países líderes, analisada a indústria local, escolhidos os ecossistemas prioritários e realizado consultas à comunidade nacional e internacional. Neste seminário serão apresentados e discutidos os principais resultados do projeto.

Exposição: Davi Nakano – Professor do Departamento de Engenharia de Produção da Poli/USP.
Debatedora: Marina Moreira Gama - Economista do Departamento de Cultura, Entretenimento e Turismo da Área Industrial BNDES - Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social.
Debatedora: Lídia Goldenstein - Especialista em economia brasileira. Fundadora em 1999 da empresa de consultoria LGoldenstein, é membro do Conselho do Instituto de Moda e Design (INMOD) e do Conselho de Administração na Nossa Caixa Desenvolvimento ― Agência de Fomento do Estado de São Paulo.
Debatedor: Sandro Manfredini – Diretor da Associação Brasileira dos Desenvolvedores de Jogos Digitais (Abragames) e sócio da Aquiris Game Studio.
Coordenação: Afonso Fleury - Professor titular do Departamento de Engenharia de Produção da Poli/USP, integra o Conselho Deliberativo do PGT/USP.