Transmissões

Data

COLÓQUIO - IFUSP: Condições de seca na Amazônia reduzem a capacidade da Floresta de absorver CO2.

Normal Expandido
Formato
Reportar Erro
Denunciar
Incorporar
Recomendar
Download
Gostei
520 visualizações
Publicado em Thu May 08 18:07:37 GMT-03:00 2014
Responsáveis:  Luiz Cezar Galizio

A palestra avalia o impacto da disponibilidade de água no Balanço de Carbono da Bacia Amazônica. Foram estudados os anos de 2010 e 2011, onde foi observado que a seca de 2010 diminuiu a capacidade da Amazônia absorver carbono. Neste ano foi observado uma precipitação durante a estação chuvosa muito inferior a média dos 30 anos anteriores. O estresse hídrico foi tão grande para a vegetação que comprometeu a capacidade da floresta de absorver carbono. Em 2011, por outro lado, ano em que choveu acima da média dos últimos 30 anos, a vegetação conseguiu, não apenas absorver toda a emissão oriunda de processos naturais, como também compensar a maior parte das queimadas na Amazônia. Estes resultados indicam que a precipitação pode interferir no Balanço de Carbono mais
Fortemente do que a Temperatura.