Transmissões

Data

COLÓQUIO - IFUSP: PANORAMA MUNDIAL DAS USINAS NUCLEARES

Normal Expandido
Formato
Reportar Erro
Denunciar
Incorporar
Recomendar
Gostei
810 visualizações
Publicado em Thu Apr 10 18:44:03 GMT-03:00 2014
Responsáveis:  Luiz Cezar Galizio
Palestrantes:  Profa. Dra. Emico Okuno

As sequelas de um acidente radiológico ou nuclear, diferentemente de qualquer outro acidente, perduram por várias décadas. Cerca de três anos após o terrível terremoto de magnitude 9 na escala Richter, seguido pelo tsunami de 15 m que causou o acidente nos reatores nucleares de Fukushima Dai-ichi, o núcleo dos reatores continua precisando ser resfriado com água. Em consequência, mais de 340×103 toneladas de água altamente radioativa não só com césio, mas também com estrôncio estão armazenadas em 1000 tanques em volta dos reatores acidentados e de tempos em tempos ocorre vazamento dessa água que vai para o mar.
Desde setembro de 2013, o Japão sobrevive sem nenhum dos seus 54 reatores nucleares e apesar do verão excepcionalmente quente de 2013, não ocorreu nenhum blackout. Na Alemanha, das 17 usinas nucleares em funcionamento antes do acidente de Fukushima, oito delas foram desativadas e o governo planejou a desativação das restantes até 2022, além de cancelar planos para a implantação de novas usinas.
Apresentaremos um panorama atual dos reatores nucleares do mundo: em operação, em construção, idade dos reatores, desativados e período de funcionamento. Discutiremos questões relativas ao descomissionamento e aos rejeitos nucleares