Transmissões

Data

Projeto desvenda a vida dos crustáceos paulistas

Normal Expandido
Formato
Reportar Erro
Denunciar
Incorporar
Recomendar
Gostei
472 visualizações
Publicado em Fri Mar 28 17:41:26 BRT 2014
Produção:  Gabriel Silva Mendeleh
Palestrantes:  Luis Ribeiro

O projeto Biota da FAPESP, "Crustáceos decápodes: multidisciplinaridade na caracterização da biodiversidade marinha do Estado de São Paulo", quer ampliar o inventário paulista de decápodes (animais com dez patas), como camarões, siris, lagostas, ermitões e caranguejos, por meio de diferentes linhas de investigação. Um dos principais resultados é a descrição do código genético para todas as espécies de crustáceos decápodes marinhos e estuarinos do litoral paulista, com o depósito das sequências em um dos bancos mundiais de dados que reúne genes de espécies do mundo todo, o GenBank, mantido pelo National Center for Biotechnology Information, nos Estados Unidos. Quem coordena é o professor Fernando Luis Medina Mantelatto, da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) da USP.