• Transmissão encerrada

Transmissões

Data

Evento Científico Lançamento Livro Pioneiros da Habitação Social no Brasil

Normal Expandido
Formato
Reportar Erro
Denunciar
Incorporar
Recomendar
Gostei
273 visualizações
Publicado em 08/12/2014
Autor: Nabil Bonduki e Ana Paula Koury, Editora da UNESP
Dia: 08/12/2014
Horário: 18:20 - 22:30

Trata-se de obra de fôlego, iniciada há 17 anos, no então Departamento de Arquitetura e Urbanismo da EESC, abarcando toda a produção dos IAP - Institutos de Aposentadoria e Pensões e da FCP - Fundação da Casa Popular, no período 1930 - 1964. Tal período tem um significado muito imporante para o Brasil, iniciando pela chamada "Era Vargas", em que foi formulada uma política de habitação, de caráter estatal, operada pelos organismos previdenciários sindicais e, a partir de 1946, com a instalação da FCP, para orientar, para todo o país, a produção habitacional. Segundo Nabil, a partir de 1930 constroi-se as origens da habitação social no país, de âmbito estatal, superando a produção rentista privada, permitida pelo Estado liberal do período imediatamente anterior, da chamada Primeira República O livro consta de 3 volumes: no primeiro, Nabil Bonduki dá o panorama de todo o período indicado, avançando para os dias atuais, com a problematização da produção estatal de habitação; no segundo, Bonduki e Koury apresentam o inventário da produção de habitação no período em todo o país e, no terceiro, Bonduki e Koury destacam 11 casos de conjuntos residenciais do período, considerando-os "11 propostas para o morar moderno". Trata-se de obra fundamental tanto pelo caráter de inventário amplo e detalhado quanto pela discussão construída, ao longo de quase duas décadas, sobre os caminhos da produção habitacional no país, seus contratempos e suas limitações impostas pela complexidade da produção da habitação como bem de uso num quadro da cadeia de construção civil que trata a habitação como mercadoria.